segunda-feira, 20 de abril de 2015

BOLSA DE VALORES
ANALISE QUÂNTICA
O MÁGICO DE OZ - III










NC - AQ 
www.nigin.com.br

23 comentários:

Nelson Costa disse...

Bora pra próxima!

Anônimo disse...

48 mil no IBOV?
Alfredo

Nelson Costa disse...

Seria muito show se fosse, né não Alfredo?

Eu por exemplo e conforme comentado, estou a esperar o ABC da AT.

Nelson Costa disse...

O vídeo!O vídeo!

Será que até o dia 18.05.2015, vai!?

Ó! Mas vale aí a observação o que as mídia noticiárias estarão dizendo, blz?

https://www.youtube.com/watch?v=abXHYFfhupg

Anônimo disse...

Boa Tarde Nelson
agora já daria para falar de USIM5 e CSNA3?
Posso incluir outra?!FLYR3 no mais longo prazo.
Obrigado
AAVR

Nelson Costa disse...

Ainda não aavr, mas, para degustação vamos fazer a coisa sempre na medida do possível ok.

Você viu a listagem lá na ADVFN?

Anônimo disse...

Sim...
do Wagner42?
Vi sim....
AAVR

Anônimo disse...

Mas não entendi mto bem.
Qual tempo se refere aquela "tendência"?
aavr

Nelson Costa disse...

Isso mesmo aavr

Não tenho a menor ideia, mas ele esta acertando as coisas, viu!




Nelson Costa disse...

Tô sendo travado de tudo que é jeito!
Tem problema não!
VQV!
Eles querem o meu sangue!
Só terão no fim!

Anônimo disse...

Rapaz que animação do Mercado!
Alfredo

Nelson Costa disse...

É a VALE5, Alfredo.

Mas você deve conhecer aquele ditado.

"Me engana que eu gosto"

Nada do Balanço da PETROBRAS ainda, né?

Nelson Costa disse...

PETROBRAS:

Saiu o que todos estavam esperando!

E aí, gostaram dos resultados?

O que é "IMPAIRMENT" apresentado neste balanço para apresentar prejuízo, além da baixa dos gastos contabilizados indevidamente?

Impairment é uma palavra em inglês que significa, em sua tradução literal, deterioração.

É uma regra segunda a qual a companhia deverá efetuar, periodicamente, análise sobre a recuperação dos valores registrados no imobilizado e no intangível (§ 3 do art. 183 da Lei 6.404/1976).

Tecnicamente trata-se da redução do valor recuperável de um bem ativo.

Na prática, quer dizer que as companhias terão que avaliar, periodicamente, os ativos que geram resultados antes de contabilizá-los no balanço.

Cada vez que se verificar que um ativo esteja avaliado por valor não recuperável no futuro, ou seja, toda vez que houver uma projeção de geração de caixa em valor inferior ao montante pelo qual o ativo está registrado, a companhia terá que fazer a baixa contábil da diferença.

O ajuste para perdas por desvalorização decorre da obrigação de avaliar os ativos, no mínimo anualmente, para ajustá-los a valor de sua realização, caso este seja inferior ao valor contábil.

Valor contábil é o montante pelo qual o ativo está reconhecido no balanço depois da dedução de toda respectiva depreciação, amortização ou exaustão acumulada e ajuste para perdas.

Dentre outras situações, por exemplo, o ativo precisa ser avaliado em decorrência da obsolescência ou de dano físico, o que o retorno esperado do ativo (fluxo de caixa futuro descontado) é menor que o valor contábil.

Esse teste de redução ao valor recuperável pode ser executado a qualquer momento no período de um ano, desde que seja executado, todo ano, no mesmo período.

As metodologias para avaliação da recuperação de ativos são estipuladas na (NBC TG 01), dentre as quais, a estimativa do valor em uso de um ativo.

Desta forma, se um ativo está registrado contabilmente por R$ 10.000,00 e seu valor recuperável é de R$ 8.000,00, teremos que ajustar a diferença (perda de R$ 10.000,00 menos R$ 8.000,00 = R$ 2.000,00) da seguinte forma:

D - Perdas por Desvalorização de Ativos (Conta de Resultado)

C - (-) Perdas por Desvalorização (conta redutora do Ativo)

R$ 2.000,00

Nota: não se ajusta eventual ganho (valor recuperável superior ao valor contábil).

-----------

Tirem suas conclusões.

Ps: Repare no valor da EBTIDA ajustado para 2014 e na sua dívida total em conjunto com "IMPAIRMENT"

Abraço!

Nelson Costa disse...

IBOVESPA

Os preços foram buscar a ponta do triângulo.

E nada de ABC, conforme mostrado no vídeo.

Mas uma coisa me chamou atenção:

Assista este vídeo da Petrobras e tire suas conclusões em relação ao IBOVESPA.

https://www.youtube.com/watch?v=duU7uLrKUoU

Nelson Costa disse...

Novo vídeo.

https://www.youtube.com/watch?v=MR0OI_HsR1g

Nelson Costa disse...

Quem bate esquece!
Quem apanha, jamais!

Nelson Costa disse...

VALE5

Pronto! Lascou!

Já esta na boca do povão!

http://economia.uol.com.br/cotacoes/noticias/redacao/2015/04/24/bolsa-avanca-163-e-tem-maior-nivel-em-6-meses-vale-sobe-30-na-semana.htm

GAIN!

Anônimo disse...

Boa tarde Nelson
Hoje e dia de gráfico novo no blog...
Alfredo

Nelson Costa disse...

Rindo aqui, Alfredo.

Deixa o RAQ analisar/ouvir os barulhinhos que estão nos bastidores, depois faço o post, blz?

Tu viu? Os preços pingaram bem na ponta do iceberg

Anônimo disse...

E ai Nelson,
Cai ou não cai esse ibov?
Aavr

Nelson Costa disse...

IBOVESPA

O mercado (BOLSA DE VALORES) gosta de juros altos!

13% é show de bola para o mercado.
Joaquim Levy é quase um Banqueiro. rsrsr

Se der tempo, posto aqui o que o que rolou no MARVIN - O RASTREADOR QUÂNTICO, fez na semana de 27.04.2015 até 30.04.2015.

Anônimo disse...

Que alta forte essa dos índices...espero que cai porque acabei de vender índice futuro.
O que o Sr ta achando Nelson?
Alfredo

Anônimo disse...

Outra coisa que tenho percebido nesses últimos dias e o dólar subindo junto com o IBOV...
coisa que não e mto comum.
Alfredo