sábado, 16 de julho de 2016

IBOVESPA
RESUMO

TENDÊNCIA não é MOVIMENTO. 
A tendência do IBOVESPA é de alta. 

Curto e Médio prazo, não é o tempo que você fica na operação e sim o tempo que você espera o padrão ocorrer (qualquer padrão que você tenha). 
Logo, quanto maior o tempo gráfico, maior o tempo que você espera o padrão (qualquer padrão) ocorrer. Com isso, o padrão ocorrendo, você pode ficar apenas algumas horas, dias ou meses para apurar seu resultado esperado, seja 2% ou mais por operação. (cada um tem seu estômago). (isso é um axioma - fractal) 

SOBRE O ÍNDICE BOVESPA. 
O que diz o mercado na análise técnica? 

Vejamos então estas duas alternativas que estão corretas: 
Compre no rompimento da resistência. 
Compre no suporte do rompimento da resistência. 

Os que compram no rompimento da resistência, precisam encontrar um ponto de STOP LOSS. 
Os que compram no suporte do rompimento da resistência, compram daqueles que compraram no rompimento da resistência. (vale lembrar aqui que, devido ao privilégio que tive de fazer vários cursos de AT, cada um deve encontrar sua resistência). 

Então, neste quesito posso afirmar que: 

No dia 28.04.2016, temos uma resistência. 
No dia 10.05.2016, temos outra resistência 
No dia 08.06.2016, temos mais outra resistência. 

Repare que, quem comprou no rompimento da resistência do dia 08.06.2016, "O MOVIMENTO" (movimento não é tendência) recuou para que os compradores do suporte da resistência fizessem suas compras e todos foram felizes para a tendência de alta do ÍNDICE BOVESPA. 

QUAL O NOME DISSO? = PULL BACK 

Repare que na resistência do dia 10.05.2016, tivemos dois candles bem interessantes no dias 12 e 13.07.2016 respectivamente. 
Qual os nomes deles e o que a AT nos recomenda a fazer quando ocorre estes tipos de candles? 

Doideira isso! Cada candle é uma ONDA! (axioma - fractal) 

Pois bem, nesta TENDÊNCIA DE ALTA do ÍBOVESPA, temos então a RESISTÊNCIA "MOR" para ser testada na qual também ocorreu seu ROMPIMENTO. 

O que acontece agora? 

Com isso podemos dizer que o CÉU é o limite pois não temos mais resistência para serem superadas, certo? Pelo menos nesta tendência e neste tempo gráfico, não. 
Sabendo que o céu é o limite, então podemos fazer uma projeção até onde esta dimensão de preços podem chegar. (aqui já é uma outra história).
Mas, se observarmos a FLORESTA, veremos que outras resistências existiram. Contudo, estas resistências não fazem parte da TENDÊNCIA DE ALTA que o ÍNDICE nos apresenta neste momento (curto e médio prazo, observando apenas o gráfico diário).
Então, pelo que foi exposto nos posts anteriores hoje, podemos esperar um PULL BACK da tendência de alta e nos protegermos daqueles que dizem: 

VAI BOMBAR! 
COMPREM! COMPREM! 
Noticias evasivas sobre o mercado. 
Estes, se estão comprados desde fevereiro, estão querendo vender mercado para você ou seja, liquidar suas operações de compras. Como sabemos, o mercado tem três pontas: 
Os comprados.
Os vendidos.
E os liquidacionistas, então, esses, são os vendedores de mercado, dependendo da sua posição, compradora ou vendedora. 
É aí que estão os URSOS e os TOUROS. 
Melhor deixar eles brigarem para só depois ver quem ganhou mercado. 
Temos nestes momentos, assim chama a técnica, ACUMULAÇÃO ou DISTRIBUIÇÃO, conforme o caso. (gráfico também já mostrado aqui). 
Ou seja, ONDAS 1 e 2 em uma tendência de alta, é a ACUMULAÇÃO e ONDAS 6A e 7B, é a DISTRIBUIÇÃO. 
Liquide ou coloque sempre o STOP DE GAIN nestas situações. 
Você olhando para o gráfico diário do Ibovespa fica bem claro estas ONDAS. 
Por fim, repare que, entre 28.04.16 até 16.06.2016, (CURTO PRAZO) tivemos cinco ondas bem distintas de baixa e, logo após, tivemos a ACUMULAÇÃO daquela tendência que era de baixa, este foi o motivo de, na época, postar os referidos gráficos com a plotagem do FIBO e fazer uma projeção para esta alta até 25.07.2016 ou os rompimentos das resistências já referidas aqui.

Bom é isso! Se ajudei, fico feliz! 

Minha missão: Satisfazer pessoas selecionadas no mercado de capitais  

Abraço fraternal, a todos!

PS: o ABC ou 123 de uma tendência pode ser terrível se não tivermos um ponto de saída. Não gosto de postar o gráfico pronto do passado, contudo fica aí a proposição do que já foi exposto.








NC - AQ
www.nigin.com.br

Um comentário:

Nelson Costa disse...

Onde esta o PULL BACK?

55K.